Skip to content

Escapadinhas || Casa do Alto

Escapadinhas || Casa do Alto

Hoje começo uma nova rúbrica aqui no blog: Escapadinhas! Já não é a primeira vez que vocês me pedem informações sobre os locais onde passo as minhas férias. Como tal, achei que seria interessante começar a publicar aqui no blog a minha opinião sobre os locais onde fiquei, para que vocês tenham uma ideia e possam, quem sabe, ficar hospedados no mesmo local. Hoje falo-vos da Casa do Alto, um alojamento para férias localizado no Vale Judeu (Algarve, perto de Vilamoura).

Situada numa pacata aldeia, a Casa do Alto oferece-nos um ambiente super tranquilo, no campo algarvio. A propriedade só é acessível de carro, mas vale muito a pena, pelo sossego que encontramos. A propriedade é gerida por duas primas, Joana e Marloes, que são de uma simpatia extrema.

O espaço e os pontos positivos

Na Casa do Alto encontramos vários tipos de quarto (Comfort, Classic, Superior e Suites), uma piscina exterior comum e muitos espaços verdes. O pequeno-almoço servido é delicioso, com produtos maioritariamente caseiros e onde há uma política de redução de desperdícios, o que é de louvar. É nos dada uma pequena folha com as opções disponíveis para o pequeno-almoço, e escolhemos o que queremos, sendo-nos depois servido. Acho fantástico, pois assim só comemos o que realmente achamos que conseguimos comer.

Destaco no pequeno-almoço o sumo de laranja natural, os ovos mexidos (deliciosos) e o doce de figo, que amei. Podem também escolher pão, cereais, bacon, leite, cafe, pequenos bolos, croissants, iogurte, granola…existem imensas opções.

Ficámos no quarto Comfort, que era simpático e decorado em tons muito neutros, o que me agrada imenso:

Existe no edifício onde ficámos um frigorifico comum a todos os que pernoitam nesse espaço, com uma prateleira assinalada para cada quarto. Assim, podem guardar bebidas/comida, se assim o desejarem. O wi-fi é gratuito por todo o espaço.

A piscina é ótima, com bastantes sombras à volta e bastante profunda. Talvez não seja a melhor para crianças, embora tenha uma pequena área menos profunda. São disponibilizadas toalhas pela Casa do Alto, para serem utilizadas na piscina.

O que menos gostei

De menos bom destaco a casa de banho do nosso quarto. Era talvez o “pior” do quarto, pois não tinha iluminação natural e estava bastante envelhecida, a precisar de uma pequena reforma. Pelo que sei, as WC’s do espaço têm sido remodeladas aos poucos.

Saliento também os mosquitos à noite, e as vespas de dia. Mas calma, não é tão mau como parece. A Casa do Alto disponibiliza repelentes eléctricos gratuitamente, mediante o pagamento de uma caução de 10€, que é devolvida no final da estadia. Em relação às vespas, elas apenas “chateiam” durante o pequeno-almoço, porque querem “roubar” comida. Tivemos azar e nos três dias que estivemos elas vieram sempre visitar-nos. Nunca nos fizeram mal, mas de facto queriam comida e estavam sempre à nossa volta. Podiamos ter resolvido essa situação se tivéssemos tomado o pequeno-almoço no interior das instalações. No entanto, foi escolha nossa tomar essa refeição no exterior.

Vilamoura está a apenas 10 minutos de distância (de carro) da Casa do Alto, pelo que é muito rapido ir à vila para jantar, passear, ou até ir à praia.

Gostei imenso da minha estadia na Casa do Alto, e voltaria de certeza. Podem fazer reservas através do site do alojamento, aqui, ou através do Booking.com.

Podem usufruir de um benefício de 10% do valor da vossa estadia (neste e em qualquer outro hotel Booking.com) se reservarem através do meu link, aqui.

Beijinhos,
Lara ♥

Be First to Comment

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: