Skip to content

Crónicas de uma miúda com aparelho #4 || 6 meses

Crónicas de uma miúda com aparelho #4 || 6 meses

Já há algum tempo que não escrevia as minhas crónicas ; ) há quase três meses, penso eu! Na verdade, tenho estado cada vez mais habituada ao aparelho, mas decidi escrever este post para vos dar alguns updates, uma vez que já fiz no mês passado seis meses com o aparelho colocado!

De momento o trabalho que tinha a fazer no maxilar superior, realtivamente à posição dos meus dentes, está praticamente concluído. No entanto, em baixo tenho muito que corrigir ainda, e tenho um desvio grande do maxilar para tratar, que vai ser o que vai levar mais tempo (daí a estimativa da utilização do aparelho entre um ano a um ano e meio).

Já não me custa praticamente nada a comer. Dores não tenho praticamente nenhumas, só sinto qualquer coisa no dia que vou fazer o controle…e nos dois ou três dias a seguir. Confesso que até já arrisco algumas coisas mais rijas de vez em quando, mas sempre com cuidado, para não partir brackets e não estragar o trabalho já feito.

Na minha última consulta foram-me colocados alguns elásticos entre o arco do maxilar inferior, para acelerar o processo. Isso fez com que a minha higiene oral ficasse ainda mais complicada. Não é que eu já não esteja habituada, mas torna-se ainda mais dificil passar, por exemplo, o fio dental, por entre os arcos e elásticos ao mesmo tempo. Ao fim de alguns dias consegui habituar-me e a higiene já se tornou um pouquinho menos morosa.

Existem muitas pessoas que, por não quererem ter tanto “trabalho” com a higiene, começam a descuidar um bocadinho a alimentação, para não terem trabalho. Por exemplo, há pessoas que com o aparelho colocado comem imensa sopa. Nada contra isso, eu adoro sopa, mas simplesmente não me vejo a comer sopa todos os dias, almoço e jantar, só porque dá trabalho lavar os dentes a fundo.

Imaginem, ainda ontem ao almoço comi uma manga aos pedaços, de sobremesa. Existem mangas que têm imensos fios, e para meu azar, essa era uma delas. Claro que fiquei com o aparelho cheio de fiozinhos. E claro que demorei (ainda) mais tempo a limpar os dentes e o aparelho. Mas não quero saber. Prefiro comer o que gosto : )

Por isso, dou-vos um conselho. Se forem como eu e adorarem comer (eheh) não desistam de comer o que gostam quando têm aparelho. Claro que há coisas mesmo impossíveis (maçãs, nougats, tudo o que seja rijo), mas no geral dá para comermos de tudo um pouco, e habituamo-nos num instante à rotina de limpeza mais profunda.

Outra comida que me dá imenso trabalho é…arroz. Imaginem o que é ir comer sushi, e estarem sempre com medo que os bagos de arroz se enfiem entre o aparelho e os dentes? É uma aventura, sem dúvida. E acaba sempre por aparecer algum bago entre os dentes e o aparelho. Mas nada que um escovilhão não resolva.

Ando sempre com um kit na minha mala. Fio dental, escovilhão e silicones “mágicos”, embora quase não utilize estes últimos. Agora, escovilhões…é imprescindível, se queremos comer fora de casa.

Daqui a uns tempos volto a dar-vos feedback sobre a evolução do meu tratamento! Se ainda não leram os outros posts sobre esta minha aventura, podem fazê-lo aqui:

Vou colocar aparelho, e agora?
Crónicas de uma miúda com aparelho #1
Crónicas de uma miúda com aparelho #2 || Alimentação
Crónicas de uma miúda com aparelho #3 || Habituação

O meu aparelho foi colocado na Sara Correia Dental Clinic, e estou a gostar muito de ser seguida lá! Se algum de vocês que me lê também embarcou nesta aventura, contem-me tudo nos comentários!

Beijinhos,
Lara ♥

Be First to Comment

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: