Skip to content

Yves Rocher || Review da linha Hydra Végétal

Yves Rocher || Review da linha Hydra Végétal

Hoje trago-vos a review de um dos lançamentos mais falados da Yves Rocher nos últimos tempos: A linha Hydra Végétal!

Estou a testar esta linha há cerca de três semanas, e já tenho uma opinião formada sobre a mesma. O primeiro contacto que tive com a linha foi no início de Abril, poucos dias antes de ter participado no evento de lançamento (leiam o artigo sobre o evento aqui).

A Hydra Végétal é uma linha especialmente dedicada à hidratação da nossa pele. Os produtos contêm água celular do Chorão-das-praias, uma planta fantástica nesse sentido.

Como a pele, graças aos seus proteoglicanos, a folha do Chorão-das-praias possui um tecido de reserva denominado parênquima aquífero. Assim como numa esponja, as células deste tecido vão ficar repletas de água quando chove e vão preencher as folhas dando-lhes o seu aspeto característico, sendo a água vai armazenada.

A água celular de chorão das-praias (ativador de hidratação) ajuda a acumular a água em todas as camadas da pele; a retê-la de forma duradoira e a libertá-la de acordo com as necessidades da pele para uma hidratação contínua.

A linha é super completa, contando com produtos para limpar, tonificar e hidratar a pele, além de dois cuidados específicos (um esfoliante e um serum – este último só será lançado em Junho):

Ora, eu tenho comigo alguns destes produtos (gel de limpeza, tónico, esfoliante e gel creme hidratante). Todos os produtos de que vos vou falar são, segundo a marca, adequados a peles normais e mistas. A minha pele é mista, e vou relatar-vos a minha experiência.

Gel de limpeza

De uma tonalidade translúcida, este gel encontra-se disponível em dois tamanhos; um deles no formato eco tubo, com 125ml. Cheira maravilhosamente bem (assim como toda a linha!). É bastante líquido, e não precisamos de muito produto para conseguir limpar eficientemente o rosto.

A pele fica limpa de forma eficaz, sem agredir. Costumo utilizar este gel com o meu Luna Play Plus, e o resultado é fantástico. A pele fica super suave.

O esfoliante

Foi o primeiro produto que testei da linha (uns dias antes de todos os outros) e fiquei imediatamente apaixonada por ele. Trata-se de um gel esfoliante com partículas muito pequeninas (micro-grãos de bambu), que esfoliam a pele do rosto de forma eficaz, sem ser uma esfoliação agressiva. Utilizo-o duas vezes por semana, e é mais do que suficiente para manter o rosto lisinho, livre de células mortas e impurezas.

O tónico

Para finalizar a limpeza do rosto, é essencial utilizarmos um tónico adequado ao nosso tipo de pele. Desta forma, equilibramos o pH da pele do rosto, que fica ligeiramente alterado com a utilização dos desmaquilhantes/águas micelares. O tónico vai também libertar os poros, para que estes fiquem devidamente preparados para receber os produtos hidratantes de seguida.

A embalagem deste tónico é enorme e vai-me durar imenso tempo! Vem com uma prática tampa para embebermos o algodão, sem salpicar. Este tónico deixa a minha pele super agradável, sem secar, e com ótimo aspecto. Aprovado!

Gel creme hidratante Non-Stop 48h

O cheirinho deste produto é de b a b a r ! Dá vontade de abusar e espalhar imenso, mas na realidade não é necessário, pois precisamos de pouca quantidade para conseguir uma boa hidratação. Pelo menos para a minha pele mista não precisei de grandes quantidades.

Para vos ser sincera, este foi o produto que mais diferenças senti ao utilizar. É um gel creme, tal como marca indica, muito leve. Nos primeiros dias em que o utilizei, apliquei mais produto do que deveria, e o meu rosto ficava sempre com um brilho intenso, consequência das quantidades exageradas. Claro que não coloquei assim tanto produto como isso, mas cada pele é uma pele diferente, e os produtos comportam-se de maneira diferente de pessoa para pessoa. Claramente, as quantidades que estava a utilizar com o meu hidratante anterior não eram as adequadas para este hidratante Hydra Végétal.

Com a aplicação “exagerada”, vieram também algumas consequências menos boas. Além do brilho na pele, notei também alguma oleosidade extra ao longo do dia, e os meus poros começaram a ficar exageradamente dilatados na zona das bochechas e junto do nariz. Ora, claro que ao terceiro dia de uso não achei aquilo normal, e experimentei reduzir a quantidade de produto aplicado. O resultado? Pele suave, visivelmente hidratada, sem brilhos, e os poros a voltar à normalidade.

Isto tudo para vos dizer que por vezes um produto pode não funcionar bem connosco, pelos mais diversos motivos. Por vezes até somos nós que não o aplicamos corretamente, e este foi o meu caso, que felizmente consegui corrigir.

Ainda sobre o assunto das quantidades a utilizar, talvez uma pessoa com a pele normal precise de mais quantidade do que eu, com pele mista. Por isso, se tiverem este produto convosco, façam várias tentativas com as quantidades, até acertarem no que a vossa pele mais precisa.

Conclusão

Se querem uma rotina de rosto de qualidade, com ingredientes de origem natural, sem parabenos nem óleos minerais, e ainda a preços acessíveis, aqui têm! Não experimentei todos os produtos, mas acredito que os outros sejam igualmente bons. Nada como experimentarem!

Podem adquirir os produtos Yves Rocher através de uma Conselheira de Beleza da marca. Eu aconselho a CB Dulce Felício, da página Yves_Dulce_Rocher.

Beijinhos,
Lara ♥

Be First to Comment

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: