Skip to content

[Beauty] Cuidados com o cabelo [I]

cabelo-saudavel-discovery-mulherimagem retirada deste site.

Já há algum tempo que pensava fazer este post. Estou certa que muitas de vós já teve problemas com o cabelo, não sabe quais os produtos mais indicados a usar e gostariam de partilhar opiniões. Hoje, vamos fazer isso 🙂

O meu cabelo, que muitas de vós não deve saber, é castanho e completamente liso. Não tem jeitos rigorosamente nenhuns, é super fino e tem tendência para a oleosidade. Enquanto que o ser liso e fininho pode ser uma vantagem em termos de o “domar”, por outro lado é uma chatice quando, como eu, temos tendência para o ter oleoso e pesado. Desde a puberdade que o meu cabelo ganhou essa oleosidade, e nunca mais consegui acabar com ela, apenas evitá-la ao máximo. E hoje em dia, posso dizer que o meu cabelo tem um aspecto saudável e leve todos os dias.

Então, hoje vou dar-vos todas as dicas de que me lembro para cabelos finos e lisos, oleosos, e mostrar-vos quais os produtos que utilizo para mimar o meu cabelo. Mas claro que muitas das dicas que vou dar adequam-se a todos os tipos de cabelo. Vamos ver?

1. Lavar o cabelo pelo menos dia sim, dia não. Eu nem posso falar muito neste aspecto porque sou suspeita. Lavo o cabelo TODOS os dias. podem me criticar, mas não o consigo evitar. Sinto-me desconfortável se ficar sem fazê-lo! Admito que lavar todos os dias não faz bem à raíz do cabelo (julgo que leva pelo menos um dia inteiro a secar por completo, depois da lavagem), mas é me quase impossível não o fazer. Já tentei usar champôs secos nos dias em que não o lavava, e disfarça, mas nunca é a mesma coisa. Parece que não sou eu. Gosto de sentir o cabelo lavadinho, limpinho. Mas, se conseguirem, lavar dia sim, dia não, é o ideal, pela questão das raízes (pelo menos nos cabelos com tendência para a oleosidade).

2. Usar um champô/condicionador/máscara adequados ao nosso cabelo. É fundamental. Descobri à alguns anos que para cabelos fininhos e pesados o melhor é escolher um daqueles champôs em que o conteúdo do mesmo é translúcido. Champôs com conteúdo opaco/baço pesam mais no cabelo e não são uma boa escolha. De momento uso a gama L’oreal Elvive Nutri-Gloss Cristal, e o resultado no meu cabelo é fantástico. Deixa-o leve, perfumado, super limpo e brilhante. Adoro!

3. Usar máscara pelo menos uma vez por semana. Sem aplicar nas raízes, a não ser que a máscara seja específica para esse uso. É muito importante o uso da máscara, para que o cabelo se mantenha hidratado.

4. deixar o cabelo a secar, enrolado numa toalha, antes de trabalhar nele. Há muita gente que assim que sai do banho vai a correr pentear o cabelo. Não devem fazer isso. O cabelo ao sair do banho está super molhado, e ao mexermos nele corremos o risco de o partir ou danificar. O ideal é deixar secá-lo um bocadinho na toalha. Não é preciso que o deixem secar completamente, mas o suficiente para o deixarem apenas um nadinha húmido. Sei que por vezes temos pressa, mas tentem fazer outras tarefas antes de mexer nele, para dar tempo de o secar.

5. Ao usarem o secador, usem um protector de calor primeiro. É muito importante prepararem o cabelo para o calor. Assim como quando vamos à praia, devemos proteger o cabelo do sol, com o secador é a mesma coisa. O ar quente danifica o nosso cabelo, pelo que o ideal será secarem com uma temperatura média, e não colarem o secador ao cabelo, deixando uma distância de +/- 25cm. Existem vários protetores de calor no mercado e arranjam os mesmos facilmente nos hipermercados.

6. Variar o penteado/risco que utilizam. Nem tanto ao mar nem tanto à terra, diz-se por aí. Se ficarmos sempre com o risco ao meio, por exemplo, o nosso cabelo habitua-se e começa a ficar “marcado” no centro, por assim dizer. É bom ir variando. Não é preciso ser todos os dias algo diferente, mas vão se lembrando, para não habituarem mal o cabelo. Também não devem usar sempre o cabelo apanhado constantemente, uma vez que este tipo de penteado pode levar a que o cabelo se parta com facilidade. Hoje em dia já temos os elásticos Invisibobble, que são uma opção bem mais saudável para prendermos o cabelo, mas mesmo assim acho que deve-se sempre ter algum cuidado.

7. Cortar o cabelo regularmente. Eu sei que às vezes custa um bocadinho, porque gostamos do comprimento do cabelo, mas deve-se cortar as pontas regularmente, para que cresça de forma saudavel e para evitar as pontas espigadas.

8. Evitar passar as mãos pelo cabelo. Para nós, meninas com cabelo oleoso, isto é das piores coisas que podemos fazer. Ao mexermos no cabelo, estimulamos a proliferação de sebo, por isso há que evitar este gesto.

9. Lavar o cabelo com água morna. A água quente é terrível para o cabelo, e ainda mais para quem o tem oleoso, pois estimula a oleosidade. Além disso, a água quente retira a protecção natural do cabelo. Ao sairem do banho, se passarem um jacto de água fria no cabelo, o mesmo terá tendência para ficar mais brilhante.

10. Fazer uma alimentação adequada. Tudo o que comemos influencia o nosso corpo, e isto aplica-se ao cabelo. É importante que a nossa alimentação seja equilibrada, para garantir um cabelo saudável e nutrido.

Estas “dicas” baseiam-se na minha experiência pessoal e no resultado de algumas pesquisas ao longo dos anos. Não sou nenhuma expert e qualquer problema de cabelo deve ser sempre tratado por profissionais qualificados para o mesmo.

Bem, o post já vai longo, por isso vou deixar para amanhã para vos mostrar os produtos que mais gosto de usar para mimar o meu cabelo, e ainda qual foi a minha solução para um problema que tive há uns tempos que afecta muita gente: queda sazonal de cabelo. Fiquem atentas 😉

Beijinhos,
Lara

Be First to Comment

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: